terça-feira, 3 de junho de 2014

Papa Francisco aos casais: tenham filhos e não animais de estimação.

O pontífice criticou a cultura do bem estar e alerta que casais que optam por destinar seu amor somente aos pets chegam à velhice “na solidão, com a amargura”

Por: Redação, Época

Fiel, perseverante e fecundo. Assim deveria ser um casamento cristão para o papa Francisco.  A afirmação foi feita durante a homilia de uma missa na Casa Santa Marta, onde mora, na segunda-feira (2), com a presença de 15 casais em diferentes etapas do casamento (alguns completando bodas de prata – 25 anos de casados – e outros já com 60 anos de vida conjugal).

O pontífice disse que tais características são as mesmas que Cristo tinha por sua esposa, a Igreja. “É a sua esposa: bela, santa, pecadora, mas Ele a ama assim mesmo”, afirmou.

Imitando o exemplo do amor à Igreja que frutifica ao atrair novos fiéis com o batismo, os casais deveriam buscar ser férteis. “Em um casamento, a fertilidade pode ser às vezes posta à prova, quando os filhos não chegam ou estão doentes.” Tais casais deveriam olhar para o exemplo de Jesus e buscar forças nessas provações.

Em contrapartida, “existem coisas que não agradam a Jesus”, ou seja, os casamentos estéreis por escolha. “Essa cultura do bem estar de dez anos atrás nos convenceu: É melhor não ter filhos! Você pode explorar o mundo, viajar nos feriados, ter uma casa no campo, você pode ficar tranquilo... Pode ser melhor – mais confortável – ter um cachorro, dois gatos e o amor vai todo para esses animais. É verdade ou não é? Vocês já viram isso?”

Para Francisco, não é isso que Jesus faz com a Igreja, e alerta: “no fim, esse casal chega à velhice em solidão, com a amargura do isolamento”.

Leia mais aqui: http://epoca.globo.com


www.amigosdebolso.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Seja bem vindo(a) ao Mix Gospel News.
Qual a sua opinião sobre o assunto postado aqui?

Postagens mais visitadas